Melhores investimentos para 2017: negócios e empresas

Procurando boas possibilidades para investir em 2017?
Aqui está a resposta!

De acordo com estudos recentes feito pelo SEBRAE, constatou-se que dentre as atividades que mais crescem no Brasil, estão as que atendem às necessidades básicas da população e que oferecem serviços especializados e de reparação.
gold-163519_1280

 

Isso porque a redução de custos operacionais nas empresas está entre umas das grandes preocupações dos empresários, tornando um serviço bastante promissor.

O estudo foi feito a partir da análise de perfil das novas empresas nos anos anteriores e no comportamento da economia Brasileira.

Assim, para mapear os negócios com maior possibilidade de darem certo, o SEBRAE analisou os segmentos com maior taxa de natalidade no ano de 2016, o que sinaliza uma existência de uma demanda maior.

Vestuário, alimentação e higiene foram segmentos em que as atividades mais apresentaram alta, pois mesmo em momentos de crise, o consumo por esses produtos/serviços não deixa de existir.

O consumidor tem procurado por alternativas mais baratas, e por este motivo, para garantir maior sucesso nos negócios, é importante para o empresário acompanhar os movimentos da economia.

O segmento de reparação é outro que continua bastante promissor. Com a crise econômica e consequente aumento do desemprego no país, as pessoas pertencentes às classes C e D, que até 2014 foram grandes consumidoras de automóveis, eletrodomésticos e eletrônicos, se veem forçadas a reparar esses bens em detrimento da compra de novos produtos. Tal fato gerou uma grande demanda pelos serviços de reparação.

Na mesma linha de possível sucesso em 2017, estão os serviços especializados para empresas que geram economias, como redução de custos operacionais, ou que aumentam a capacidade produtiva do negócio. Essa combinação de aumento de receita e diminuição das despesas são ações constantemente pretendidas pelos empresários, principalmente nos momentos de crise.

De acordo com o SEBRAE, essa é a lista de segmentos em crescimento em 2017:

  • Alimentos e bebidas: comércio de alimentos e bebidas, representação comercial, preparação de alimentos, comida preparada, restaurantes populares, lanchonetes, produtos de panificação, laticínios, doces, refeições.
  • Vestuário: Confecção, comércio de vestuário e acessórios do vestuário e bijuterias.
  • Serviços de saúde: consultório médico, serviços ambulatoriais, fisioterapia, nutrição, venda de planos de saúde, comércio de medicamentos e artigos de ótica.
  • Produtos/serviços inovadores: produtos e serviços que permitam aumentar a eficiência produtiva e/ou redução de custos das demais empresas.
  • Serviços de Reparação: reparação e manutenção de veículos usados, manutenção de máquinas e equipamentos, comércio de peças e acessórios para veículos usados.
  • Estética/beleza: cabeleireiros, comércio de cosméticos, comércio de produtos de perfumaria, higiene pessoal.
  • Serviços especializados: serviços advocatícios, de engenharia, de comunicação, de gestão empresarial, serviços de apoio administrativo, serviços de contabilidade, serviços domésticos, serviços com foco na 3ª idade.
  • Informática: Serviços de manutenção e reparação de computadores e equipamentos de informática, produção de softwares e comunicação multimídia.
  • Construção: comércio de material de construção, manutenção, reparação, pintura, pequenas reformas de imóveis, instalações elétricas, hidráulicas, obras de acabamento, artigos de serralheria, móveis de madeira, manutenção de sistemas de ventilação e refrigeração.

Sendo assim, uma opção interessante para empreendedores é encontrar empresas à venda que estejam nesses segmentos promissores. Com um valor mais baixo, é possível comprar bons negócios e que, com a implementação de novas estratégias somado ao aumento da demanda, podem gerar bons lucros.

Comentários

Adicionar um comentário

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário
    keyboard_arrow_up