Gestão de Projetos – todas as informações necessárias para sua empresa.

 

  A respeito de gestão de projetos, primeiramente é preciso saber reconhecer o que é um projeto:

  • Trata-se de um empreendimento com objetivos bem definidos, que consome recursos, possui prazos, custos e requer qualidade. Além disso, projetos são, em geral, considerados atividades fundamentais para o crescimento de uma empresa, pois será através do êxito na execução destes que o resultado almejado pela empresa será obtido. Sabendo-se disso, é possível enxergar com clareza a fundamental importância do planejamento, bem como do gerenciamento de todos os processos e pessoas envolvidas .

 

manli-business-suit-manned (1)

 

“A gerência de projetos (ou gerenciamento de projetos -GP) é um ramo das ciências gerenciais que trata do planejamento e controle de projetos. Gerenciar um projeto significa, resumidamente, planejar a sua execução antes de iniciá-lo e acompanhar a sua execução. No planejamento do projeto são estabelecidas as metas (ou objetivos), as tarefas a serem realizadas e o seu sequenciamento, com base nos recursos necessários e disponíveis.  (PRADO, 2001 – Planejamento, controle e projetos.)”.

 

Segundo a autora Darci Prado, o gerenciamento de projetos é uma ciência utilizada para alcançar metas e objetivos, mediante a execução de um planejamento previamente estabelecido, utilizando os recursos necessários e disponíveis da melhor maneira possível para se obter o resultado desejado.

 

De forma resumida, projeto é o esforço temporário para produzir um produto/serviço único, com princípio e fim, e gestão é, o gerenciamento de todos os processos e pessoas necessárias para realizar o projeto.

 

Habilidades necessárias para o gerenciamento de projetos eficientes:

Liderança, Desenvolvimento de Equipe, Motivação, Comunicação, Influência, Conhecimento Politico Cultural.

No geral, gerentes de projetos são “pessoas interessantes”, pois sabem um pouco sobre diversas coisas e assuntos e são excelentes comunicadores. Capazes de motivar as pessoas, inclusive as mais distantes dos projetos em questão. Famosos também pela desenvoltura em situações desconfortáveis, como por exemplo, dar aqueles telefonemas difíceis quando necessário.

Podemos observar que para desenvolver essas atividades, é fundamental e necessário possuir habilidades de liderança, e para Stoner (1999) liderar significa dirigir, influenciar e motivar os empregados a realizar tarefas essenciais.

 

Diante das informações acima citadas, é possível concluir que toda empresa necessita além de bons projetos, de excelentes gerentes para garantir uma execução eficiente do processos, pois até um excelente projeto pode ir por água á baixo se não for bem gerenciado em suas etapas.

 

“Diz respeito às atividades necessárias para que as habilidades individuais e em equipe possam ser potencializadas para o alcance de bons níveis de desempenho no projeto. Tais atividades de desenvolvimento compreendem a identificação (formal ou não) das necessidades dos componentes da equipe. Tais necessidades podem residir nos campos: técnico, das relações, do trabalho em equipe, da tecnologia de informação. O papel do líder no projeto é o de identificar estas necessidades e dar um atendimento just-in-time para todas aquelas que forem vitais para a execução do projeto. (MENEZES, 2001)”.

 

Segundo Menezes 2001, é responsabilidade do líder executar o projeto, bem como, identificar as necessidades de componentes e de toda a equipe envolvida no projeto. Por este motivo, observa-se a necessidade de um líder com todas as qualidades e habilidades acima citadas.

 

Das etapas, ciclos e fases de um projeto:

 

As fases e etapas podem ser resumidas da seguinte forma: Iniciação, Planejamento, Execução, Monitoramento e Encerramento.

Todos os projetos são divididos em fases, sejam grandes ou pequenos, a fim de obter-se uma visão ampliada do projeto, maior facilidade de controle e principalmente, produzir ao longo do desenvolvimento um estudo da real viabilidade do projeto na prática, com o propósito de avaliar cada etapa e ajustar o que se mostrar necessário. Assim, pode-se otimizar o projeto teórico, refletindo na diminuição de gastos, recursos e fases, pois ao decorrer da execução, algumas etapas podem apresentar necessidades de ajustes ou até mesmo se demonstrar desnecessárias.

 

“Assim como os produtos, os projetos também apresentam um Ciclo de Vida, os projetos sempre apresentam um início e um fim determinados. Entre este início e o final do projeto ele sofre todo um desenvolvimento, uma estruturação, uma implantação e, finalmente, uma conclusão. (MENEZES, 2001)”.

 

No decorrer da execução do projeto,é possível observar com maior clareza que, a cada fase concluída irá se desencadear o início de outra, e por isso a necessidade do gerente em ter o controle sobre todos os processos e pessoas envolvidos no projeto, afinal, trata-se de um processo em cadeias.

Todos os processos são compostos de forma individual, porém juntos, constituem o grupo de atividades necessárias para iniciar a realização do projeto. É importante ter essa base bem desenvolvida para dar continuidade com os processos secundários que serão desencadeados pela execução destes.

 

Comentários

Adicionar um comentário

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário
    keyboard_arrow_up